Anankê – Promovendo Saúde Mental em Brasília desde 1991

Endereço:

SCRLN 712/713 Bloco C, Lojas 4 e 5 Brasília-DF CEP: 70.760-630

Curso para Formação em Saúde Mental

I – EMENTA

O “Curso para Formação em Saúde Mental” propicia amplo espaço de diálogo, questionamento e interação entre teoria e prática clínica.  Objetiva  formar profissionais com conhecimentos indispensáveis de psicopatologia clínica, psicodiagnóstico, psicoterapia institucional,  atendimento de pacientes em crise e processos de inclusão social. Preparará os estudantes para dialogar com diferentes abordagens teóricas e epistemológicas.

Estes profissionais serão também capacitados para atuar na área de saúde mental numa perspectiva institucional multi disciplinária e de atendimento em rede.  Incentivar a produção de conhecimento em que a vivência prática é enriquecida e orientada pela teoria é também objetivo desse curso, que tem como premissa a relação dialógica entre teoria e prática clínica.

 

II– OBJETIVOS

GERAL:

Formar psicólogos especialistas em psicologia clínica para atuação no campo da saúde mental, especialmente em modelos de atendimento aberto que visam o acolhimento, o tratamento e a inclusão social de pessoas portadoras de graves distúrbios psíquicos.

 

ESPECÍFICOS:

  • Propiciar o contato direto com a clínica das psicoses e das neuroses graves.
  • Capacitar psicólogos para realização de entrevista clínica, psicodiagnóstico, elaboração de plano terapêutico de relatórios e laudos psicológico.
  • Promover a observação e a reflexão acerca das experiências vividas e transferências estabelecidas com os pacientes do centro de convivência.
  • Propiciar a observação e a participação no funcionamento de uma equipe terapêutica no que diz respeito ao manejo e à direção dos tratamentos.
  • Promover a observação e a participação no funcionamento de uma instituição aberta, que tem como recurso terapêutico o próprio cotidiano da vida institucional.
  • Promover o aprendizado de um conjunto de conhecimentos teóricos, fundamentais para o entendimento e o tratamento de adoecimentos psíquicos graves.
  • Promover ampla e aberta interação entre teoria e prática clínica.

 

III – PÚBLICO ALVO

  • Psicólogos, Profissionais de áreas afins – Estudantes de psicologia e áreas afins.

 

IV  – PROGRAMA DE ATIVIDADES

As atividades do curso serão oferecidas nas dependências do Centro de Atenção à Saúde Mental – Anankê e terão a duração de um ano e meio, sendo divididas em três módulos semestrais.

Coerente com a proposta de integrar teoria, clínica e elaboração pessoal,  o programa é baseado no trinômio: prática clínica, supervisão e teoria.

1PRÁTICA CLÍNICA

A prática clínica será desenvolvida através de estágio no centro de convivência em que o aluno integra-se às equipes terapêuticas e participa das atividades desenvolvidas no cotidiano do centro. Esta participação será orientada pelos terapeutas e elaborada nas sessões de supervisão.

O estágio será dividido em três módulos:

O primeiro módulo envolve o contato direto com os pacientes e a equipe em atividades estruturadas ou não. A observação cuidadosa e a escuta devem ser as principais condutas.

No segundo módulo o aluno participará também do processo de acolhimento e avaliação de pacientes juntamente com os terapeutas responsáveis pelo mesmo.

O terceiro módulo agrega às atividades já desenvolvidas o acompanhamento e a observação de um dos grupos de psicoterapia do centro de convivência. Exigirá 15 hs semanais.

A prática clínica ocorrerá em 2 ou 3 dos 10 períodos semanais. O período da manhã vai de 8:30 às 13h30min e o da tarde de 13:00 às 18h.

Desde o início do estágio os alunos participarão das sessões clínicas semanais, que contam com toda a equipe terapêutica, inclusive com a equipe médica. Nestas são apresentados os pacientes em processo de acolhimento, discutidas as questões diagnósticas e a direção dos tratamentos, entre tantas outras questões relacionadas ao cotidiano do centro de convivência. Estas sessões acontecem às quartas feiras das 18h30min às 20h30min.

 

2 – SUPERVISÃO

A supervisão é o espaço privilegiado de elaboração pessoal das experiências vividas no contato com os pacientes, com a equipe terapêutica e com a vida institucional. É neste espaço que cada aluno poderá refletir sobre a função terapêutica neste modelo de atendimento, seus desdobramentos no convívio com os pacientes e construir seu próprio estilo de exercer esta função.

É antes de tudo o espaço no qual, apoiando-se em seu próprio grupo, o aluno poderá elaborar as transferências, projeções e afetos que viverá no contato com os pacientes.

Três tipos de supervisão serão oferecidos: a supervisão específica do estágio, as supervisões de casos clínicos e as supervisões das atividades do centro de convivência.  As supervisões específicas dos alunos serão semanais e ocorrerão às  quartas  feiras às 17h15min, enquanto as demais ocorrerão também nas segundas feiras às 18h30min e às 19h30min conforme agenda pré-estabelecida mensalmente.

As supervisões de caso clínico, dirigidas por um supervisor designado pela Instituição, objetivam o aprofundamento de casos clínicos selecionados pela equipe terapêutica, seja no que diz respeito a questões diagnósticas, transferenciais e institucionais, ou ao manejo, condução e direção dos tratamentos.

 

3- PROGRAMA TEÓRICO

Visa oferecer aos alunos as ferramentas teóricas imprescindíveis para o entendimento do adoecimento psíquico e dos modos de tratá-los. Os conhecimentos teóricos focados principalmente na psicopatologia clínica, no psicodiagnóstico e nas questões relativas ao trabalho institucional, serão sempre associados à prática desenvolvida pelos alunos no centro de convivência.

O programa teórico será também dividido em três módulos com a duração de 4 meses cada e uma hora e meia de aula por semana. Estas aulas serão ministradas nas terças feiras às 13horas e em alguns sábados às 09horas no edifício sede do Anankê. O aluno deverá dispor de no mínimo 2 horas semanais para estudo.

Os métodos e técnicas de ensino consistirão em aulas expositivas, seminários, discussões e apresentações de textos e casos clínicos.

Cada módulo terá a duração de 4 meses, enquanto a prática clínica e a supervisão se estenderão por 5 meses, havendo um mês de férias entre um semestre e outro.

 

VII – AVALIAÇÃO

A cada final de semestre, os alunos deverão apresentar relatório analítico sobre a prática clínica desenvolvida, bem como, trabalhos teóricos sobre um dos temas abordados nas disciplinas daquele período. Esses trabalhos serão avaliados pelos ministrantes do curso e pelo supervisor. O valor total de cada trabalho será de 100 pontos. A nota mínima para aprovação será de 70 % do valor máximo.

Salientamos que a participação em todas as atividades programadas é indispensável e que os alunos que tiverem um número de faltas superior a 25%, em qualquer uma das atividades, não serão aprovados.

 

Para obter maiores informações entre em contato com a nossa equipe.

Você pode fazer o seu agendamento através dos números (61) 3307.7720|(61) 3307.7713 ou do formulário abaixo.